Follow by Email

sábado, 9 de junho de 2012

a dança da vida...

stalin teria dito: "é preciso dar um passo para trás para dar dois para frente"...também dizem que a frase é do lenin....(se alguém souber de verdade de quem é, agradeço a informação)...de qualquer maneira é uma frase que não me sai da cabeça...e foi usada como estratégia na revolução russa ...recuar pra avançar...da revolução soviética direto para a minha vida...tenho momentos que se encaixam perfeitamente na ideia...no trânsito , por exemplo, todos os dias eu saio da quadra 315, onde moro, e em vez de seguir em frente, eu faço o retorno da 316 pra poder pegar o eixinho mais rápido...se eu seguir em frente em direção a 314 pego mais um balão e um trânsito complicado, então, é melhor ir pra trás pra poder ir em frente mais rápido...e por ai vai...no dia a dia tô aprendendo também...quantas vezes tive de recuar para poder avançar? quantas vezes foi preciso voltar ao começo para poder ir em frente? um passo pra trás e dois pra frente...um recuo e dois avanços...devagar se vai assim, vencendo na vida. tenho certeza absoluta. às vezes é a estratégia mais inteligente...já viu uma onda se formando? o mar recua, toma força e vem com tudo...os tsunamis estão ai pra mostrar que uma boa recuada faz uma onda gigante....nem sempre um passo pra trás quer dizer regredir...entendo em passo pra trás exatamente no sentido de voltar ao começo, uma voltinha ao princípio para traçar novos planos, novos rumos...muitas vezes basta um passinho e pronto, já estamos num novo caminho muuuuito melhor...progresso minha gente, progresso exige novos passos ...ás vezes pra trás, ás vezes só uma desviadinha, ou um passinho pro lado...é a dança da vida...nem sempre vale a pena ser cabeça dura e insistir num erro, ou em algo que te faz infeliz...não vale a pena se perder em uma filosofia de seguir em frente e ter que passar por cima da gente mesmo...por isso, são sábias as palavras russas, mesmo que eu não saiba direito quem tenha dito...





Nenhum comentário:

Postar um comentário