Follow by Email

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

dark shadows: que pena!

lá vou eu escrever sobre filme...mas eu preciso desabafar. assisti finalmente dark shadows. e justamente poucos dias depois de falar dos meus filmes preferidos do tim burton. e que triste, fiquei tão decepcionada...ATENÇÃO SPOILERS. tudo bem que tem o johnny depp. mas aparentemente é só isso mesmo. apesar de um elenco de primeira, achei tudo muito raso. não aprofundou a história do barnabas jovem, não aprofundou a história de amor, não aprofundou ele sentido a diferença de épocas, não aprofundou nada. tudo foi passando assim, raso e rápido. me dói no coração mas devo admitir: não gostei. o filme foi baseado numa série americana que foi exibida entre 1966 e 1971.e até agora eu não sei se o filme é uma comédia, um drama, um romance, terror...o johnny depp parecia ator de filme pornô. saiu pegando geral. algumas cenas com fotografia timburtoniana valeram o filme. mas aqui, era a mesma casa da noiva cadáver, né? ai que preguiça de mesmice...e nem a jovem chloë moretz, que viveu a  carolyn stoddard se destacou. tinha taaaaanta coisa pra ela fazer. mas não. deixaram a moça eternamente embriagada na mesmice, e nem o show do alice cooper empolgou a menina. achei fraco, fraco, fraco. aliás, o show foi over, poderia ter tido uns 15 minutos a menos. os efeitos espeicias da angelique se quebrando toda ficou legal, e ponto. acho que perderam a oportunidade de fazer uma referência ao freddy kruger da "a hora do pesadelo", já que o ator é o mesmo. também achei que a personagem da michele pfeiffer aceitou muito tranquilamente uma situação surreal. ela tinha que ter feito uma coisa mais "e o vento levou"...tipo: jamais passarei fome novamente...não, bastou uma negociadinha e tava valendo. ow, peraí. enfim, acho que faltou tempero nesse angu. fiquei impressionada como o jonny lee miller tá velho (lembram dele? do dexter?). ah e o que foi a personagem da helena bonhan carter? só porque é mulher do diretor, né? porque foi absolutamente dispensável...até o boquete que pagou pro vampiro foi nada a ver. outro desperdício foi a namoradinha sem graça amor da vida do barnabas. faltou química total naquilo ali. a cena que vale o filme é a do mefistófoles, com o logo do macdonalds. boa crítica, embora explicita demais. podia ter sido mais sutil. enfim, que pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário