Follow by Email

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Bar do Escritor: A VINGANÇA

Bar do Escritor: A VINGANÇA: Em uma daquelas coincidências da vida o nome dela era Julia, que passou a ser Julinha, Juliette, Julita, até chegar a Julieta. E ele,...

2 comentários:

  1. Nenhum comentário, como assim?
    Eu acho que as pessoas, não todas,
    mas aquelas mais travadas, como eu,
    não saberiam caminhar por este labi-
    rinto sem um GPS, uma bússola ou a sua
    mão, quem sabe? Assim a gente fica-
    ria sabendo o que o casal fez para
    merecer o texto, enquanto a gente sen-
    tiria, é claro, o calor da mão do(a)
    caseiro(a).

    Um beijo e não esqueça de mandar os
    fundamentos, já que do miolo do pão você
    não se lembrou.

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  2. .


    Pô, pera aí. Você aboliu a maiúscula,
    dá oportunidades ao ponto, e ao ponto
    e vírgula para evitar constrangimento,
    pois não? Também respeita a infelici-
    dade, mesmo que por tempo determinado,
    mas pensar com os ouvidos e os olhos
    foi que atraiu de mim a atenção.
    Por que tantas mudanças, minha doce,
    linda e querida nova amiga? Por quê?

    Beijos e obrigado por abrir o seu ar-
    quivo e inserir meu nome.

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir