Follow by Email

quinta-feira, 31 de maio de 2012

meu aniversário em são paulo

olha o mar de prédios
são paulo à noite
sanduiche de mortadela huuuummm


vou comemorar meu aniversário de 41 anos em são paulo....e por que são paulo? porque eu sou apaixonada por aquela cidade....- ah, mas é porque você não mora lá, já me disseram ...pode até ser...a gente sempre sente uma atração por aquilo que está fora do nosso alcance, não é? nasci no rio grande do sul e quase morro de banzo todos os dias...vou para a praia do cassino todos os anos passar minhas férias...não consigo me afastar de lá, das pessoas, do clima, do jeitinho de ser....outra cidade em que me sinto em casa é buenos aires...se existe reencarnação, na passada fui portenha, dançarina de tango que cambaleava embriagada de vinho ao voltar pra casa em la boca, no caminito...certeza. e são paulo, é são paulo...a primeira vez que estive por lá eu já era balzaca, tinha 30 e poucos anos...e mesmo já tendo conhecido muitos lugares legais eu me deslumbrei com aquele mar de concreto...pra onde se olha tem prédio...de dentro do avião é aquela coisa: tem prédio até onde a vista alcança...é tudo tão movimentado...e as coisas funcionam...se você precisa se deslocar de um lado para o outro, não é como aqui em brasília que ou você tem carro ou tem carro e se estressa pra dirigir entre pessoas sem noção, e quase mata um na hora de pegar uma vaga no estacionamento...lá você consegue se  mover de ônibus, metrô e até o táxi não é tão caro como o daqui...os restaurantes, os shoppings, as ruas velhas...eu adoro aquele friozinho de lá...adoro céu cinza...não quero falar de violência, nem de engarrafamento, nem de alagamento, nem de sotaques...quero ficar só com o lado lúdico...e adoro poder ir a um restaurante às 2:00 da madrugada e ser (bem ) atendida...se quer esticar a balada? tem. se quer só ir jantar, tem. se quer um parque, vai para o ibirapuera. lembro de uma das primeiras vezes que estive por lá e fomos andando do bairro da liberdade até a praça da sé...e quando entrei naquela catedral, me "cairam os butiá do bolso", como se diz na minha terra...é linda! aliás, no bairro da liberdade adoro comer empada e pastel com suco. foi lá que comi meu primeiro melona. meu primeiro sanduiche de mortadela foi no mercado municipal ...ir pra galeria do rock e passar uma tarde inteirinha lá vai ser meu presente de mim para mim mesma...me acabar nas bijouterias góticas, nas botas de plataforma e nos vestidos estilosos...sempre que estou em sampa alguém me pede informação...sempre. acho que tenho cara de quem mora por aquelas bandas...tenho taaaanta história de são paulo, como da vez que acostumados com o prato minguadinho que servem aqui pela capital, pedimos uma entrada, e um prato de massa pra cada um, eu e meu marido...conclusão, só na entradinha já estavamos empanturrados...uma cantina italiana em são paulo é um acinte à dieta...eu conheci morrito num bar na vila madalena...uma vez fui pra lá só pra ir ao teatro ver um show de improviso...ahh são paulo...no terraço itália nem consegui comer o tal risoto de bacalhau tamanho o deslumbramento que tive com a vista da cidade...fora o povo...povo que sempre me recebe bem...os taxistas vão ganhar um post exclusivo, aguardem...é isso, tô indo, pra terra boa, terra da garoa...ôrra meu. fui.          

Nenhum comentário:

Postar um comentário