Follow by Email

segunda-feira, 16 de abril de 2012

sábado: bons drink, hotel e rebeldes

luisa marilac:musa
fim de semana em brasília, de vez enquando, a gente tem que inovar...como diria marilac: fazer algo diferente, com bons drink...pois foi exatamente o que fiz....convidei um casal amigo, pra junto com meu marido e eu, passar o sábado num hotel da cidade.convite aceito, combinamos 13:00 lá em casa. tudo bem que sempre deixo pra fazer a mala na última hora, e pra não fugir à tradição, assim foi. em cinco minutos joguei tudo na minha bolsa rosa-barbie e pronto. acabei deixando todos os 20 comprimidos que tomo por dia em cima da mesa...pra começo de história, fomos direto ao hotel...errado!!! é que são dois com o mesmo nome, um é flat e o outro não. o nosso era no flat. depois de encontrar o hotel certo (já com medo pq no hotel errado tinham dois carros de link da record...a saber: eu trabalho na record! bem desagradável encontar a turma do trabalho durante os bons drinks, né?)...chegamos de mala em punho e fomos pro balcão fazer o check in...inovador, o hotel não deu aquele velho e bom papelzinho que vc escreve o que quiser nele...não, a moça ficava perguntando em VOZ ALTA, cpf, endereço...passado o constrangimento, fiz minha ficha pensando que bastariam os meus dados nela...que nada, a recepcionista fez as mesmas perguntas para nós quatro...relaxei quando vi um estande da bienal e logo em seguida passou o affonso romano de sant'anna. eita, olha, olha, é o affonso? perguntei eu, íntima...era. - nossos quartos são o 308 e o 312, me diz a vivian, que mais tarde confessou que não tinha certeza qual era o meu e qual era o dela. calhou de eu e o valério (meu marido) ficarmos com o 312 (mais tarde isso vai ser importante, peraí). entramos nós quatro - bonitos - no elevador e o bicho nem se mexe...- ah tem que enfiar o cartão num cantinho abaixo dos botões pra ele funcionar...- ah claro...que cabeça a nossa...andamos em elevador de hotel toooodos os dias, né? aprendida a lição , chegamos aos quartos. no meu não tinha varanda...no da vivian e do bruno, lá tava ela, apertadinha, suja, mas tava lá. no meu quarto, ao lado da saída de emergência e em frente ao elevador, as janelas davam de frente pra piscina e não tinha sacada. ah tá. um leve mau humor passou por mim...- bora pra piscina? vamos. desce a tropa levando uma bolsa cheia de bebidinhas e um pote de amendoim (ué, a gente só tira onda de turista rico e chique, mas comida em hotel é cara...e tenho um pé na farofa, né?). a vivian pede uma batata frita com bacon e chedar "só pra mim", fala ela com olhos gulosos....quando o prato chega é minguadinho, tadinha...vamos de caipirinha. duas chegam. e as outras? - ah o garçom entendeu errado e foi entregar no quarto, desculpe, já tá chegando...ri daqui, conversa dali...eu nuuuunca entro em piscina do hotel...mas naquele dia estava um calor danado, dava pra ver a torre de tv e por lá parecia que tava pegando fogo...então tá, vamos nos refrescar....entramos na piscina...já tinhamos percebido a presença de alguns funcionários por perto...um ia lá e colocava o dedo na água, outro tirou uma amostra...a gota dágua (sem trocadilhos) foi quando chegou um fiscal com prancheta e tudo....medo! mas fomos mesmo assim...e quando estavamos nos esbaldando com aquela aguinha morna chega um desses funcionários e pede gentilmente pra gente sair de dentro da água "pq ela estava imprópria para banho"!!!!! caralho. - moço, eu vou morrer? - não, é só pq ela tá com muito cloro....já ficamos imaginando o hotel oferecendo absolutamente grátis o telefone de um excelente dermatologista e o imperdível tratamento revolucionário de recomposição capilar, tudo por conta...tá , fora d´água fomos comer amendoim e beber vodka quente (sim, já tinha esquentado nessa altura do campeonato, né?)...- será que existe área de fumante no carlton hotel? pergunta a vivian observando a fachada do dito cujo...- existe, claro...- e no free hotel? emendei - e no malboro hotel? (bêbado fala merda, né?) ...de saco cheio de tanta piscina fomos tomar banho pra ir jantar....quase morri de calor na saída do banho...- liga o ar condicionado! tava estragado. - chama a manutenção! testa aqui e ali...não tem jeito, não está funcionando...- ah então troca a gente de quarto, né? - vou estar dando um upgrade senhora... fomos pro 322....de esquina , sacada enoooorme, cozinha gigante...ai sim. até montei um lounge na sacada com as almofadas do sofá-cama. nos espalhamos por lá...- ah tô com fome. vamos à pé até o mcdonalds. era ali do ladinho...- ai, o que eu peço? qual é o maior sanduiche?- é o angus, deca. - é esse que eu quero! - mas deca o mclanche feliz vem com uma bárbie de brinde...- ah me vê 42 desses dai....- não deca, 42  é muito. - tá, me vê um angus então, pra viagem...e fico lá esperando...tava tão cansada que fui dormir na janela da lanchonete...explico: a janela tem um puxadinho que serve de banco...dormi com a cabeça encostada no vidro... e do lado de fora!!! a sorte foi que meu marido tava de olho e foi lá me socorrer....no caminho de volta, comi todas as batatinhas fritas antes mesmo de chegar ao quarto. as minhas e a dos outros...nos saquinhos sobraram apenas meia dúzia em cada um...- ah esse povo do mcdonalds, né? enganam a gente, aff ! , comento eu na maior cara de pau . dei três mordidas no tal angus e não aguentei mais...nessa de guardar o sanduba na geladeira, ouço uma gritaria lá embaixo...meu deus, alguém vai pular! que nada, a gritaria era: rebeldes eu te amo!!! ah eu mereço, né?!!!! meus bons drink ao som de rebeldes!!!tava explicado os carros da record...quando o bruno ameaçou se jogar da  sacada pra ver se o povo calava a boca, a vivian deu um jump e no melhor estilo tafarel segurou a barra da calça dele e gritou: - nãããooooo!!! e ficou jogada aos pés dele...- tá vendo?, comento, isso é que amor...se fosse comigo eu ia preparar a câmera pra filmar o pulo...(sou jornalista gente!) ...mas, pra nossa alegria, a gritaria acabou...ficamos com sono e fomos todos dormir...acabei no sofá-cama já que o marido tá com gripe, nariz entupido e o ronco ganha proporções assustadoras...acordamos no outro dia com uma ressaquinha inofensiva e fomos tomar o café da manhã...ai deu tudo certo...pra encerrar a historiola cito o escritor que passou por mim no sábado:"o que não escrevi, calou-me. o que não fiz, partiu-me. o que não senti, doeu-se. o que não vivi, morreu-se. o que adiei, adeus-se".

3 comentários:

  1. e mais um final de semana pra nossa história!!! bom ter amigos como vocês... preenchem aquele espaçoso e saudoso vazio que fica dentro da gente. onde se guarda todos os tipos de coisas boas dessa vida. no lugar onde nunca se enche ou se farta. Obrigado por existirem!!!

    p.s.: E eu só levantei os braços e mexi o corpo na sacada e a Vivi já se desesperou!!! aiuhaiuhaiuhauihaiuhauihauihaiuahiuahiuh tadinhaaaaa!!! ^^

    ResponderExcluir
  2. NOSSA DECA! Ri litros aqui! hahaha
    No dia seguinte eu morrendo de vergonha de lembrar quando eu me joguei de barriga no chão pra agarrar os pés do Bruno... hahaha

    "NÃO!!! NÃO MEU AMOR, NÃO!!!" hahahahahaha

    Foi um final de semana maravilhoso, com pessoas maravilhosas e que irá se repetir muitas vezes!
    te amo

    ResponderExcluir
  3. heheh vivian e bruno, vcs são 10. amo vcs.

    ResponderExcluir